Cristianismo é contrário ao Evangelho de Cristo

Este artigo relata a existência de oposição e contradição entre o cristianismo e o Evangelho ensinado pelo próprio Cristo, comprovando que se trata de uma religião falsa-cristã que, usando o nome de Cristo, propõe religar o ser humano ao Criador. No entanto, essa religião expõe o pecador a se tornar escravizado e enganado pelo diabo, tornando-se inimigo de Deus; e pior: sem que ele próprio o perceba.

A pesquisa foi realizada no longo texto da Bíblia, utilizando a Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), o qual declara ser Jesus o Filho de Deus e que Seu Pai O enviou para levar o ser humano a se reconciliar e se relacionar com Deus; essas afirmações foram feitas em voz audível, por Jesus, Deus, anjos e demônios, na presença de várias testemunhas humanas.

Cruzando-se diversos textos bíblicos com apoio de banco de dados, linguística computacional e lógica, comprovou-se que Jesus não veio trazer uma religião (cristianismo) e mais: 1) Ele veio implantar o Reino de Deus na Terra, o qual é completamente diferente dos reinos humanos; 2) Jesus não é deste mundo, mas veio livrá-lo do domínio do diabo; 3) quem se torna Seu discípulo desliga-se, imediatamente, da religião a que pertence, deixa de ser cidadão deste planeta e passa a ser cidadão do Seu Reino; 4) o ser humano não pode se religar a Deus através de princípios como os que regem o cristianismo.

A pesquisa permitiu comprovar ser Deus o Criador, Aquele que enviou a solução para todos os problemas humanos, solução essa que se desdobrou em fases nas quais diversas pessoas humanas e não humanas (anjos, por exemplo) foram divinamente instruídas e capacitadas para torná-la conhecida e adotada por toda a humanidade.

Com apoio de softwares de busca, foram encontrados trechos bíblicos os quais revelam que Jesus é a única pessoa capaz de tirar o ser humano da condição de inimigo de Deus ou pecador e conduzi-lo para uma nova situação: a de filho de Deus, passando a ter um relacionamento perfeito com o seu Criador e com o próximo.

Confrontando-se o Evangelho com as práticas do cristianismo, verifica-se que são opostas, antagônicas e, além de o cristianismo não poder fazer a religação do ser humano com Deus, os seus rituais, crenças e dogmas operam contrariamente, tornando-o inimigo de Deus, enganado, vivendo, por isso, como escravo do diabo, sem se dar conta disso. Exemplos dessas práticas são: o pluralismo religioso, a crença na reencarnação, o antissemitismo, a idolatria, bem como diversas teologias ditas cristãs que, embora sejam amplamente difundidas e seguidas, são opostas ao Evangelho.

A mais surpreendente constatação foi que a maioria dos seguidores do cristianismo não aceita nem entende o Evangelho, porque ele só se discerne espiritualmente e os seus adeptos são impedidos de enxergar os erros religiosos porque as doutrinas do cristianismo são permeadas por enganos e vãs sutilezas. Entretanto, verificou-se que todos os discípulos de Jesus compreendem o Evangelho e a consequência espiritual dos atos realizados por Jesus com o fim fazer o ser humano ter um relacionamento de amor, fidelidade, intimidade e comunhão com Deus e com o próximo.

A pesquisa nos motivou a empreender maiores esforços objetivando obter resposta para outras indagações relacionadas com a diferença entre o Evangelho e as principais religiões; além de contribuir para que todos compreendam o Evangelho, já que o cristianismo é contrário, oposto e finge seguir a Cristo, traiçoeiramente.

Por José Albos Rodrigues

Esta entrada foi publicada em Religião e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Cristianismo é contrário ao Evangelho de Cristo

  1. Este assunto é de extrema importância para todas as religiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *